Roteiro de cafés e esplanadas

1 Darwin's Café
Darwin's CaféMais conhecido como o restaurante da Fundação Champalimaud, o Darwin's Café abriu em fevereiro de 2011 e tira bom proveito do cenário onde se situa, com uma ampla esplanada exterior aberta sobre o rio Tejo. A espaçosa e luminosa sala interior, preparada para receber cerca de 150 comensais, está decorada com elegância e remete para as antigas bibliotecas científicas. A gestão do espaço está a cargo do chef António Runa, também responsável pelo LA Caffé da Avenida da Liberdade, que para aqui compôs um menu onde sobressaem os risottos, as massas e os folhados. Mas aventure-se nos tentáculos de polvo sobre esmagada de batata doce ou no tornedó de pato gratinado com mozzarella, para experimentar algo de diferente e saboroso. Nas sobremesas, destacam-se o gaspacho de morangos, pêssegos e hortelã e o creme brullé de beringela com gelado de macadâmia. Há ainda um menu infantil que inclui hamburguer com ovo estrelado e batata frita, uma bola de gelado e um sumo natural. Esplanada Darwin's CaféA carta de vinhos está bem fornecida de verdes, brancos, rosés e tintos provenientes de todas as regiões vinícolas de Portugal. Também há um menu para lanches, servidos na esplanada, cheio de hamburguers, tostas, sandes e sumos naturais. Para os almoços e jantares, é boa ideia reservar com antecedência, porque o Darwin's Café está na moda. Infelizmente, o serviço é correto, mas um pouco caótico. Aproveite para apreciar o azul do ponto onde o rio se encontra com o oceano para não se incomodar com as prolongadas esperas. Pode fumar na esplanada exterior e arrumar o carro no parque subterrâneo da Fundação Champalimaud. Atenção, que o Darwin's Café fecha aos jantares de segundas-feiras.
2 Café do Forte
Café do ForteO Café do Forte está situado entre a Torre de Belém e o Forte do Bom Sucesso. É composto por uma área central envidraçada, complementada por uma esplanada voltada para o Tejo. Abriu em julho de 2010 e é frequentada por quem passeia por aquela zona histórica – sejam turistas ou locais. É um espaço tranquilo e descontraído, que apela ao relaxamento dos seus frequentadores. Esta esplanada está aberta todos os dias do ano (excepto vésperas e dias de Natal e Ano Novo), mas no inverno encerra mais cedo, pelas 18h00. Café do ForteO Café do Forte oferece uma ementa repleta de boas sugestões para lanchar ou tomar o pequeno almoço, logo pela manhã. Tostas, hambúrgueres, saladas e um delicioso prato de queijos são imperdíveis. O pastel de nata da casa também se está a tornar famoso. Para beber, prove os batidos e os sumos naturais (o bestseller é a limonada com hortelã). O vinho branco e tinto vêm do Alentejo e, nos dias mais quentes, recomendam-se uma caipirinha ou morangosca no final da tarde, ao som da música ambiente.
3 Le Chat
Le ChatO Le Chat parece ter nascido (em outubro de 2010) para provar que a vista da cidade de Lisboa é maravilhosa e não deve ficar escondida entre paredes. Localizado no pequeno jardim 9 de abril, ao lado do Museu Nacional de Arte Antiga, aqui tudo está bem à vista. Um moderno cubo de vidro totalmente transparente, para que o rio Tejo seja devidamente apreciado de todos os ângulos. Dentro do Le Chat e na sua esplanada sobre o rio (aquecida no inverno), todas as mesas estão viradas para o Tejo. O mobiliário é branco e os interiores espelhados refletem as luzes da cidade. É o sítio ideal para gozar uns bons minutos de tranquilidade ou para apreciar um pôr-do-sol grandioso, com a ponte 25 de abril e os barcos como cenário. Funcionando como bar e restaurante, no Le Chat comem-se refeições leves como tostas e saladas variadas. Os mini-hambúrgueres são uma das especialidades da casa. Para petiscar, encontra ainda tempura de camarão, enchidos salteados, batata doce frita e queijos de Azeitão, Seia e São Jorge com uvas e compota. Le ChatNa sua vertente de bar, a diferenciação do Le Chat está nos cocktails originais. Concebidos por um barman experiente, mas que gosta de inovar com mojitos com gengibre, gins com coentros e martinis de maçã verde. A carta de cocktails é sazonal, mudando para se manter alinhado em consonância com os produtos da época. Nem sempre é fácil estacionar pela zona das Janelas Verdes, por isso uma alternativa é procurar lugar na avenida 24 de julho e depois subir corajosamente pelas escadas da Rocha do Conde de Óbidos. De quintas-feiras a sábados, o Le Chat fecha mais tarde, apenas às 3h00 da manhã. Encerra às segundas-feiras.
4 Meninos do Rio
Meninos do RioO Meninos do Rio está integrado num complexo que reúne dois restaurantes, três bares e duas esplanadas. É um espaço de lazer, a funcionar desde 2002, com um ambiente moderno e muito descontraído, localizado mesmo à beira do rio Tejo. Esta dimensão fluvial (e cheia de sol) serve como pano de fundo às suas esplanadas, muito apetecíveis para uns momentos de descanso. O restaurante Meninos do Rio encontra-se no piso térreo de um antigo, mas recuperado armazém do porto de Lisboa, cujo enorme pé direito o deixa especialmente preparado para receber as muitas festas e eventos privados que por aqui se realizam. Meninos do RioA cozinha do Meninos do Rio é internacional e na ementa cabem desde petiscos portugueses, como a salada de polvo e o carpaccio de bacalhau, a sopas, saladas, massas italianas, pratos variados de carne (destaque para os bifes) e de peixe (por exemplo, cataplana de marisco) e até um menu especial para crianças. Há também sushi e sashimi, provenientes do outro restaurante integrado no mesmo complexo, o SushiRio. Quanto às bebidas, para além da variedade de vinhos brancos e tintos de várias regiões nacionais, também a copo, há ainda cocktails numa lista dedicada a estas bebidas. O Meninos do Rio está aberto todos os dias da semana.
5 Noobai Café
Esplanada NoobaiO café-restaurante Noobai (o que significa "nós vamos" em crioulo cabo-verdiano) oferece uma das melhores vistas de Lisboa. Por isso, não é surpresa que seja uma das esplanadas mais concorridas da cidade. Situado no miradouro de Santa Catarina, próximo do Adamastor (uma representação escultórica, datada de 1927, dos perigos desconhecidos que infestavam os mares por onde as caravelas portuguesas navegavam nos Descobrimentos), é composto por dois terraço debruçados sobre o Tejo e uma sala interior, decorada em cores vivas e preenchida com móveis em estilo vintage. É animado por uma permanente banda sonora, cortesia dos habituais DJ's, que funciona como pano de fundo. Noobai CaféO Noobai Café oferece uma variedade alargada de refeições ligeiras, como sopas, sandes, tortilhas e saladas. Também tem pratos mais compostos como, por exemplo, folhado de enchidos com batata doce, codorniz com legumes assados e molho de romã e espetada de salmão com tagliatelle. Alternativas vegetarianas também estão disponíveis. Para sobremesa, recomenda-se o bolo de mousse de chocolate, acompanhado de gelado de limão e gengibre. Pode experimentar ainda os vários e suculentos brunches, servidos diariamente entre as 12h00 e as 16h00. O serviço tenta responder à elevada procura e pode, por vezes, testar a sua paciência. Se isso acontecer, concentre-se na belíssima paisagem. O Noobai está aberto todos os dias da semana e dispõe de um cantinho para as crianças brincarem.
6 Café no Chiado
Café no ChiadoO Café no Chiado é um restaurante localizado no Chiado, próximo da Rua Garrett. Dispõe de uma agradável esplanada muito apreciada pelos lisboetas e pelos turistas que visitam a cidade. Adecoração do restaurante é acolhedora, com paredes verdes escuras e estantes cheias de livros e gravuras. O ambiente do Café no Chiado é ao estilo boémio e dispõe de uma biblioteca onde pode ler livros, jornais e revistas portuguesas e estrangeiras. O Café no Chiado está aberto todos os dias da semana. Café no ChiadoNo Café no Chiado, a cozinha fecha sempre depois da meia-noite, pelo que se gostar de cear tarde, este é o sítio a visitar. Aqui, pode apreciar especialidades como risotos, caril de gambas, roastbeef à inglesa ou fígados de aves à francesa. Como sobremesa, experimente o bolo de chocolate belga ou o cheesecake de frutos silvestres. O menu dispõe também de uma alargada seleção de saladas, ideais para os meses quentes do ano. A lista de vinhos é equilibrada e o serviço é eficiente e simpático. Para estacionar, utilize o parque subterrâneo da Praça de Luís de Camões.
7 Quiosque de Refresco
Quiosque antigo em LisboaOs Quiosque de Refresco retomam uma antiga tradição lisboeta. Estas pequenas construções ganharam o seu nome do termo persa košk, que significa pavilhão. Geralmente erigidos em ferro forjado num estilo art nouveau, são compostos por um balcão, toldos laterais e uma cúpula decorativa. Em Lisboa, o primeiro quiosque abriu no Rossio, em 1869 e chamava-se Elegante. Depois abriu outro na avenida da Liberdade e mais uma meia dúzia, ao longo da zona ribeirinha, para servir os trabalhadores portuários. Vendiam vinho a copo, chocolate quente, gasosas, misturas de anis, caramelo, sorvetes e até peixe frito. A primeira esplanada de Lisboa nasceu mesmo a partir de um quiosque instalado na travessa da Glória. Quiosque de Refresco no Príncipe RealO Quiosque de Refresco é a marca que aglutina os exemplares que funcionam na praça de Luís de Camões, jardim do Príncipe Real e praça das Flores. Foram reabertos em abril de 2009, depois de restaurados e todos dispõem de esplanadas. Aqui vendem-se sopas em estilo caseiro, sanduíches, empadas de galinha e bolos. Foram também recuperadas bebidas que fazem parte da história de Lisboa, como xaropes de groselha e capilé (mistura de café, açúcar e limão), orchata (bebida fria de leite de amêndoas), leite perfumado (leite gelado com canela e limão), chá gelado e limonada chiq. Todas sem corantes, nem conservantes. Os Quiosques de Refresco não servem cerveja ou refrigerantes e as únicas bebidas alcoólicas permitidas são a ginjinha, o licor Beirão, a amêndoa amarga e os vinhos do Porto e Moscatel. Estes conceitos reganharam rapidamente a adesão dos lisboetas e estes quiosques estão sempre cheios.
8 Lost In Esplanada Bar
Lost In - BarO Lost In Esplanada Bar, localizado entre o miradouro de São Pedro de Alcântara e o largo do Príncipe Real, é um refúgio no centro de Lisboa e com uma vista fantástica sobre a cidade. É um local em espirito relax, para refeições ou simplesmente tomar uma bebida a qualquer hora do dia. A decoração é inspirada no oriente, em particular na Índia e nas suas cores quentes e fortes, o que se combina com a paisagem de Lisboa e resulta num espaço cosmopolita e cheio de energia positiva. Logo ao lado, há uma loja dos mesmos proprietários onde se vendem saris, écharpes, vestidos, pulseiras e mais artigos deste tipo, tudo provindo da Índia. Lost In - Esplanada de InvernoA cozinha é internacional, com destaque para o caril de gambas e o hambúrguer vegetariano, muito embora possa também encontrar pratos tipicamente portugueses, como bacalhau no forno e bife do lombo. Tem também uma generosa oferta de petiscos para refeições mais ligeiras, como tostas, wraps e saladas. Se, no exterior, o terraço e o jardim convidam a apreciar a vista que a cidade proporciona, no interior há uma esplanada de inverno, para os dias mais frios e com vista para fora, através das suas paredes envidraçadas. Às quintas-feiras, há sessões de jazz ao vivo, entre as 21h00 e as 23h00. Às segundas, o Lost In só abre a partir das 16h00 e está encerrado aos domingos.
9 Portas do Sol
Portas do SolO café e restaurante Portas do Sol está localizado num local privilegiado e oferece uma vista única sobre o bairro de Alfama e o rio Tejo. Situado no Largo das Portas do Sol, junto ao miradouro com o mesmo nome e de outras atrações turísticas, como o Museu de Artes Decorativas e a Igreja de Santa Luzia, fica no coração de uma das áreas mais típicas e visitadas de Lisboa. Inaugurado em 2009, inclui um restaurante e uma ensolarada esplanada composta com sofás e puffs, o que lhe confere um descontraído ambiente lounge. O interior apresenta uma decoração minimalista, contrastando em harmonia com o ambiente histórico em que se insere. Portas do SolO serviço de café e esplanada inclui, para além dos tradicionais snacks e bebidas, uma lista de cocktails muito apreciada pelos clientes. Já na ementa do restaurante encontra pratos de origem portuguesa, mas em variações arrojadas como salada de bacalhau com laranja e camarão frito com malagueta e maionese de pickles. O bacalhau à Brás serve-se aqui com gambas e a estrela da ementa é o bife do lombo, com quatro molhos e três acompanhamentos à escolha. É um local perfeito para descansar após um dia turístico (ou de trabalho) intenso, podendo contar com sessões de música nas noites de sextas-feiras e sábados, quando este spot só encerra às 2h00 da manhã. O Portas do Sol abre todos os dias da semana, mas o serviço de restaurante funciona apenas aos jantares de segundas a sábados.
10 Deli Delux
Deli DeluxA Deli Delux é simultaneamente uma mercearia, uma charcutaria e uma cafetaria. Instalada nas proximidades da estação ferroviária de Santa Apolónia, a sua cafetaria tem como pano de fundo o rio Tejo, com uma esplanada agradável e acolhedora. O expositor do balcão é a primeira coisa que chama a atenção de quem por aqui passa. É usual apresentar um arranjo de frutas exóticas, que faz crescer a vontade de pedir logo um sumo natural de fruta. A Deli Delux cozinha todas as refeições com os mesmos produtos (todos num sofisticado estilo gourmet) que se podem adquirir nas suas áreas de mercearia e charcutaria. Deli DeluxO menu oferece saladas frescas, sanduíches de aromas mediterrâneos, tábuas de queijos e enchidos e os "especiais do dia", compostos por uma sopa, um prato de saladas ou massas com queijos, legumes e molhos. A ementa fixa apresenta vários pratos de degustação, como tremazzinos (sandes em pão sem côdea), salmão e foie gras. Para sobremesa ou lanche, existem bolos tradicionais portugueses e alguma doçaria internacional. Também tem disponíveis dois brunchs muito completos – o Delight e o Delux – que, aos fins-de-semana, enchem a cafetaria. O Deli Delux encerra às segundas-feiras e aos sábados e domingos abre às 10h.

Esplanada do Meninos do RioLisboa é um sítio perfeito para aproveitar cafés e esplanadas, durante todo o ano. A cidade está repleta de locais únicos para desfrutar do quase permanente bom tempo, enquanto aproveita para se refrescar ou recuperar energias. Aqui temos uma seleção dos melhores cafés e esplanadas de Lisboa, escolhidos a pensar nos dias (e noites) em que apetece mesmo sair de casa. Começando pela zona ocidental, sugerimos o Darwin’s Café, espaço dentro da fundação Champalimaud e com uma esplanada cheia de luz, bem em frente ao estuário do Tejo. Ao lado da Torre de Belém, encontra o Café do Forte, uma ensolarada esplanada que combina a boa localização com um menu repleto de boas sugestões. Ainda junto ao rio, apontamos o bar Le Chat, dotado de um magnífico terraço voltado para a doca da rocha do Conde de Óbidos. O Meninos do Rio fica próximo, mesmo em cima da linha de água e próximo do Cais do Sodré. É um espaço sempre cheio de gente animada, com parque de estacionamento ao lado.

Lost In Esplanada BarA caminho do Bairro Alto, encontra o Noobai no miradouro de Santa Catarina. Também é muito frequentado e dista apenas cinco minutos a pé da zona onde se concentra a animação noturna da cidade. No Chiado, é o Café no Chiado que atrai uma clientela interessada em refrescar-se, enquanto prova as delícias deste café-restaurante. Depois o Quiosque de Refresco recorda a velha tradição lisboeta destas pequenas construções em ferro forjado, que se dedicam a vender bebidas e petiscos variados. É frequentado por um público abrangente, mas sempre num ritmo frenético de gente que vai e vem. A esplanada e bar Lost In, já quase no Príncipe Real, é um caso sério de sucesso, aproveitando um ponto alto da cidade para oferecer uma fantástica vista panorâmica. Já no topo de Alfama, o Portas do Sol reúne todas as condições para proporcionar bons momentos ao sol, numa área frequentada por muitos turistas. E finalmente, a caminho do lado oriental de Lisboa, o Deli Delux é uma curiosa mercearia gourmet, onde também é possível aproveitar uma esplanada para beber um copo e trincar as iguarias da casa. É um sítio mais calmo, procurado por gente que gosta de algum sossego e individualidade. Entre tanta possibilidade, decida-se e vá procurar o seu sítio preferido para esplanadar.

Outros artigos sobre Lisboa:

Lisboa romântica

Tascas de Lisboa

Lisboa para pais e filhos

Restaurantes baratos

Restaurantes gourmet