Elevador da Glória

Morada:
Calçada da Glória
1269-124 Lisboa
Contacto:
213 613 000
3,60€
Horário: 7h00 – 00h00
Transportes:
Metro / Comboio
METRO: Restauradores
Autocarro
CARRIS: 36, 44, 205, 207, 702, 709, 711, 732, 745, 746, 759

Elevador da GlóriaO elevador da Glória foi inaugurado em 24 de outubro de 1885 e é monumento nacional desde 2002. Foi o segundo do seu tipo implementado em Lisboa, depois do ascensor do Lavra e antes do ascensor da Bica e do elevador de Santa Justa. Foi construído pelo engenheiro português de origem francesa Raoul Mesnier de Ponsard, que o desenhou para ser movido através de uma combinação de cremalheira e cabo, por contrapeso de água. Em 1915, passou a funcionar a eletricidade. As suas duas carruagens são idênticas, de fabrico alemão e compostas por dois postos de comando, um em cada uma das extremidades. O espaço para os passageiros é composto por dois bancos corridos, colocados de costas para as janelas. As entradas e saídas das carruagens fazem-se por duas portas com cancela, no posto de comando do sentido em ascensão. Até ao final do século XIX, a iluminação noturna das cabines provinha da luz de velas.

Elevador da GlóriaO ascensor da Glória oferece aos seus passageiros a oportunidade de subirem da praça dos Restauradores até à zona do Bairro Alto, Chiado e Príncipe Real. Esta viagem de 265 metros começa ao lado do Palácio Foz e termina a poucos passos do miradouro de São Pedro de Alcântara, uma das mais bonitas vistas panorâmicas do centro da cidade. O elevador da Glória continua a ser o mais movimentado da cidade, sendo utilizado tanto por moradores da área, como por visitantes. O horário de funcionamento é das 7h00 à meia-noite, mas às sextas-feiras e sábados alarga-se até às 00h30m. Aos domingos e feriados, começa a funcionar apenas às 9h00.