Igreja do Sacramento

Morada:
Calçada do Sacramento, N.º 11
1200-393 Lisboa
Contacto:
213 425 369
Horário:

12h00 - 17h00
Transportes:
Metro / Comboio
METRO: Baixa-Chiado, Rossio
Autocarro
1, 92, 202, 758, 790, 28E

Igreja do SacramentoA Igreja do Sacramento fica próxima do centro do Chiado, na calçada com o seu nome. A paroquia do Santíssimo Sacramento foi fundada em 1584, para combater a heresia protestante que negava a real presença de Cristo na eucaristia. A igreja inicial foi construída, entre 1671 e 1685, no terreno fronteiro ao Palácio do Conde de Valadares, que o ofereceu para esse efeito. Este Palácio ainda hoje existe em frente à igreja e abriga agora o restaurante Sacramento no Chiado. O terramoto de 1755 derrubou as torres sineiras e o teto desta igreja e provocou um incêndio que fez grandes estragos. A reconstrução iniciou-se em 1772, com projecto do arquitecto Remígio Francisco de Abreu. É uma igreja barroca, a única de Lisboa com fachada voltada a Oriente, com uma só nave, repleta de mármores e com oito altares laterais.

Interior da Igreja do SacramentoEm 1798, foram adjudicados ao pintor Pedro Alexandrino de Carvalho a grande tela que tapa o trono, os retábulos dos altares laterais e as oito telas da capela-mor, que representam os quatro evangelistas e os quatro doutores maiores da Igreja Católica. Este pintor é ainda o autor do medalhão central do teto da nave e das figuras de anjo presentes no conjunto. Merecem ainda referência as seis lanternas de prata pendentes em frente de cada um dos altares laterais. Pesam, no seu conjunto, 36 quilos. O trono da igreja é uma magnífica peça em talha dourada. No coro alto encontra-se um órgão com 1.063 tubos, construído em 1817 por António Xavier Machado e Cerveira, responsável da maior parte dos orgãos das igrejas de Lisboa reconstruídas após o terramoto de 1755.

Teto Igreja do SacramentoNa torre sineira, nas traseiras da igreja, foram aplicados um relógio e os sinos provenientes do Convento da Trindade, adquiridos na hasta pública que se seguiu à expulsão de Portugal das Ordens Religiosas, em 1834. Durante as invasões francesas, no começo de 1808, a igreja foi espoliada de toda a sua prata, num total de 118 quilos, incluindo peças sobreviventes ao terramoto de 1755. Depois do incêndio do Chiado, em 1988, da consequente reconstrução da zona, da edificação do parque de estacionamento contíguo e do prolongamento da linha de Metro, a igreja sofreu novo restauro, terminado em 2010. Pode visitar a Igreja do Sacramento todos os dias, das 12h00 às 17h00, com excepção do Sábado (aberta das 15h00 às 18h00) e do Domingo (aberta das 15h00 às 19h00).