Terreiro do Paço

Morada:
Praça do Comércio
1100 Lisboa
Transportes:
Metro / Comboio
METRO: Terreiro do Paço
Autocarro
CARRIS: 15E, 25E, 91, 206, 207, 208, 210, 706, 711, 714, 728, 732, 735, 736

O Paço da Ribeira em 1755O Terreiro do Paço (ou praça do Comércio) é a principal praça de Lisboa e uma das maiores da Europa. Fica em frente ao rio Tejo, onde se acede pelo cais das Colunas. Em 1511, o rei D. Manuel I transferiu a sua residência do castelo de São Jorge para aqui, de forma a melhor controlar a atividade marítima que se desenvolvia na frente ribeirinha. Ergueu então o novo paço da Ribeira, arrasado em 1755, pelo terramoto que destruiu Lisboa. Foi reerguido, pelo marquês de Pombal, que o transformou numa zona ministerial. No centro, ergue-se a estátua equestre do rei D. José I. O arco da rua Augusta marca a passagem para a zona comercial da cidade.

Esplanadas do Terreiro do PaçoO Terreiro do Paço transformou-se, nos últimos anos, numa área de lazer, abrigando uma conjunto alargado de cafés e restaurantes. O Martinho da Arcada é o mais histórico deles, famoso por preservar a mesa onde o poeta Fernando Pessoa se sentava. Também se destacam, com as suas esplanadas solarengas, o Ministerium, o Museu da Cerveja e o Populi. Ao lado, o Lisboa Story Centre é um centro interpretativo da história da cidade, recorrendo a sofisticada tecnologia multimédia. O Terreiro do Paço serve ainda de palco a frequentes espetáculos públicos. É aqui que, em cada 31 de dezembro, os lisboetas comemoram a passagem de ano.