Restaurantes

Restaurantes de LisboaLisboa é uma cidade cosmopolita, com uma oferta enorme e diversificada de restaurantes. Aqui pode encontrar restaurantes tradicionais, que oferecem refeições típicas e mais baratas, ao lado de restaurantes sofisticados e especializados em cozinha de fusão. Nos últimos anos, conhecidos chefs abriram os seus próprios restaurantes, onde praticam uma gastronomia de assinatura. Também há dezenas de restaurantes brasileiros, italianos e japoneses e os vegetarianos têm um espaço crescente. As recriações de tabernas antigas também estão na moda. Este guia descreve os mais emblemáticos, inovadores e reputados restaurantes de Lisboa, indicando localizações, contatos, horários e preços.

Restaurantes em Lisboa

100 Maneiras

100 Maneiras é o nome que o chef bósnio Ljubomir Stanisic escolheu para o seu restaurante, localizado em pleno Bairro Alto. Aqui aposta-se na cozinha de mercado, com pratos desenvolvidos com produtos do mercado da Ribeira. Neste 100 Maneiras é obrigatória a reserva antecipada, já que não existe menu à la carte – uma boa […]

1300 Taberna

O restaurante 1300 Taberna instalou-se no Lx Factory, em agosto de 2011. Fundado pelo chef Nuno Barros, o 1300 Taberna destaca-se pela conjugação do sofisticado com o simples, privilegiando ingredientes considerados menos nobres, sem desrespeitar a gastronomia portuguesa. A sala interior, dividida em duas áreas, está preparada para refeições individuais, a dois ou em grupos. […]

151 One Five One

O restaurante 151 fica no Bairro Alto (nesse exato número de uma das mais movimentadas ruas do bairro) e dedica-se com brio aos petiscos da tradição portuguesa. Dirigido pelo chef Fernando Telles (um brasileiro, em Portugal desde 2005), é um espaço que combina o receituário tradicional dos portugueses com alguns toques de fusão que, aqui […]

2 à Esquina

O restaurante 2 à Esquina começou tal como se canta na música popular portuguesa: José Sousa e Elisabete Guilherme juntaram-se os dois numa esquina, não para cantar o Tiro Liro, mas para se aventurarem num restaurante. Localizado na quina entre as ruas Capitão Renato Batista e Nova do Desterro, o 2 à Esquina é um […]

31 da Armada

O restaurante 31 da Armada, fica na praça da Armada (entre Alcântara e a Estrela) e é facilmente reconhecível pela sua fachada coberta por buganvílias. Composto por três salas, decoradas de forma acolhedora com azulejos antigos, oferece uma sala maior para grupos mais numerosos, enquanto as duas outras, mais pequenas, recebem casais e grupos de […]

A Casa do Bacalhau

A Casa do Bacalhau, localizada junto ao convento do Beato, está instalada num palácio onde ainda hoje habitam descendentes da família ducal de Lafões. No seu menu, contam-se 25 pratos, em que o bacalhau é reinventado, numa harmonia entre cozinha tradicional e contemporânea. Num país em que o bacalhau é uma tradição milenar, esta abordagem […]

A Leitaria Gourmet

A Leitaria Gourmet é um restaurante localizado no Parque das Nações, a zona mais oriental de Lisboa. Aqui, a aparência moderna e a decoração sóbria contrastam com o estilo rústico que caracteriza o menu d’A Leitaria Gourmet. Na cozinha, pontifica a avó Loren, a chef responsável por conferir o sabor caseiro aos pratos que saem directamente para […]

A Peixaria

O restaurante A Peixaria faz boa justiça ao seu nome, apostando na qualidade do peixe que serve. O fornecimento diário provém das lotas de Setúbal, Sesimbra e Peniche, garantindo a frescura daquele ingrediente. Localizado a oriente de Lisboa e próximo da torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, dispõe de lugar para 350 pessoas, […]

A Travessa

A Travessa está instalada na Madragoa, a portas meias com o museu da Marioneta, no interior do convento das Bernardas. Lá dentro, destaca-se a decoração clássica e uma agradável esplanada interior. A cozinha é inspirada nas tradições da Bélgica, de onde a proprietária Vivianne Durieu é originária. Este restaurante não serve almoços às segundas-feiras e […]

Adega da Tia Matilde

A história do restaurante Adega da Tia Matilde começou nos anos de 1920, enquanto tasca de bairro. A cozinheira chamava-se então Matilde e os seus petiscos deram fama à casa que hoje é uma das maiores referências gastronómicas de Lisboa. O legado da tia Matilde foi mais tarde adotado pelo atual proprietário, o senhor Emílio […]